segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Como Peixe Na Água

.

Imagem de Sprout, filme de Thomas Campbell


Comecei a fazer surf relativamente tarde...

No entanto, sendo sabida a relatividade do tempo e a tortuosidade das linhas em que se escrevem os nossos destinos, deve ter sido algo que fiz com pontualidade britânica. Mas isto sou eu, que acredito no efeito borboleta.

Os Japoneses, mais que qualquer outro povo, acreditam que o caminho para a sua venerada Perfeição é a repetição. Não é apenas tentar, falhar e tentar de novo para falhar melhor ou por menos. É acrescentar às palavras de Samuel Beckett o atingir, o de novo tentar e o atingir melhor, mais perfeito.

Na ilha de Kauai acredita-se que, independente do quanto, ser feliz com o que se tem é sinónimo de riqueza. Para quê ter muito se não houver tempo para dele disfrutar?

Eu tenho uma prancha mágica. Traduzindo para japonês, se passasse o resto da vida a surfar com ela, a aperfeiçoar cada movimento, a conhecer todas a suas respostas, não seria tempo desperdiçado. Pelo satisfação que espelho em cada surfada, no Kauai tomariam-me por latifundiário.

Apesar de saber que tenho o infinito para explorar na minha 9’6”, vou comprar uma outra. ‘Alargar horizontes’, ‘uma peça de colecção’, até já o justifiquei para mim mesmo como ‘uma pequena paixão’. Esta última, revelou-se determinante pois, como dizia o poeta, não lhes convém resistir…

Até porque, não deixa de ser um aprimoramento. Vou ver como é o surf com um peixe na água. Não sendo uma borboleta, ouvi dizer que é voador...
.

3 comentários:

diogo @ www disse...

Oi .

Gostava de saber se posso activar um feed teu por RSS em http://outsi.de.com.

O conceito é um planeta de RSS, semelhante ao www.planetgeek.org.

Cumps, Boas ondas

Diogo Carvalho
info@outsi.de.com

Jorge Pinto disse...

Diogo, obrigado pela proposta.

Gostei do site e das várias contribuições (com gente famosa e tudo!) e teremos todo o prazer em adicioná-lo à nossa lista de spots a visitar online, logo que a tenhamos.

Como dizia no texto anterior, estes "Vagueares" fazem sentido pela nossa visão similar sobre o surf, apesar da nossa heterogeneidade. Antes de a expandir vamos primeiro homogeneizar mais um pouco...

Abrimos o estaminé há pouco tempo, ainda não temos logística para exportações :)

Abraço e boas ondas!

diogo @ www disse...

No problemo.
O convite fica em aberto.

Abraço,
Boas ondas.

diogo.