terça-feira, 11 de março de 2008

Aos Noivos

Chegou-me hoje a casa, vindo da Austrália, o poster do filme “Glass Love” de Andrew Kidman, devidamente assinado e enviado pelo próprio.

É com alguma pena minha que não vou ficar com ele, mas é também com muito gosto que o vou oferecer ao Pinto por ocasião do seu casamento (fica aqui registada a novidade).

No outro dia falava com um amigo meu a propósito da feitura de textos ou outras criações pessoais que remetessem para sentimentos mais profundos, como o amor, por exemplo, e houve uma ideia que persistiu após a nossa conversa, que a complexidade de alguns sentimentos requerem que estes sejam tratados com a maior simplicidade possível.

Não resulta rebuscar, ou guarnecer de artifícios, o que já por si encerra um grande significado ou uma força extrema… o que é intenso sempre agrada mais quando despido ao essencial.

É essa capacidade que reconheço no Andrew Kidman, o facto de conseguir sintetizar no seu olhar o necessário e o suficiente para transmitir grandes emoções.

O poster em causa remete para os primeiros segundos do seu filme “Glass Love”, para uma das minhas sequências predilectas de entre os (muitos) filmes de surf que conheço.

Nela aparece suspensa na fragilidade do piano e voz de Chan Marshall*, a silhueta elegante duma figura feminina, Daize Shayne**, a deslizar serena e harmoniosamente por entre tons e brilhos dourados… como se se tratasse de um passeio estival num fim de tarde de Domingo.



Surf, imagem e som elevados à forma de arte, tudo parece estar em comunhão neste pequeno trecho de filme… Talvez, por esse mesmo motivo, tenha achado que um pedaço deste imaginário seria adequado para prenda de casamento.

* - Chan Marshall, a.k.a. Cat Power, regressa a Portugal para dois concertos nos dias 26 e 28 de Maio, respectivamente nos coliseus de Lisboa e Porto. Pelo sim, pelo não, já comprei o meu bilhete!

** - Cantora, modelo e já duas vezes campeã mundial de Longboard!

7 comentários:

Anónimo disse...

Obrigado Pedro, salvaste o meu início do dia. Como referes este pequeno excerto do filme é uma simbiose perfeita de coisas que adoramos…Era a imagem que necessitava para recarregar a minha necessidade de mar…
Um abraço
César Coelho

Su disse...

simplesmente perfeito... acho que ofereceste o presente ideal =)

vou descaradamente roubar o trailer e publica-lo no meu blog, ta lindo!! nao resisto!

Pedro Ferro disse...

Olhó César... Bom ver-te aparecer por aqui.

Tem piada que ainda ontem estive a falar de quando começámos a surfar e inevitavelmente de ti. Lembrava-me de ostentares aquela forma invejável e andares, entre sets, a nadar de mariposa de um lado para o outro da praia... ficava tudo a olhar, lol!

Um grande abraço

Pedro Ferro disse...

Su

Gostaria muito de ter sido eu a ter a genialidade de ter feito esse trecho de filme (e pq não todo o "Glass Love"), mas, infelizmente, foi o sacana do Andrew... Não me roubas nada, portanto! Mas fico contente de ter aqui exposto alguma coisa c a qual alguém se sinta identificado!

Beijinho

Pedro disse...

Caro Pedro

é sem dúvida uma das mais bonitas prendas que eu já vi, o teu amigo é um felizardo...

parabéns a ambos, e à noiva também ;)

aloha

Pedro
Ondas

Jorge Pinto disse...

Bom, parece que está na altura de dizer umas palavrinhas, para ver se o poster me chega às mãos e principalmente, porque só intenção vale muito, não passar por mal agradecido... ;)

Já escrevi e reescrevi essas palavrinhas umas quantas vezes mas o “[...]Não resulta rebuscar, ou guarnecer de artifícios, o que já por si encerra um grande significado ou uma força extrema… o que é intenso sempre agrada mais quando despido ao essencial.[...]” desarma-as sempre.

Assim, meu caro amigo, agradecemos-te a presença e a oferta “[...]com a maior simplicidade possível[...]”:

Obrigado!

yes1 disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.